A abertura oficial da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, realizada na noite de sábado (13/7), foi palco de novas críticas do ministro de Meio Ambiente, Ricardo Salles, à administração municipal pela ineficiência na questão do saneamento básico. Ele classificou como “vergonha” para uma cidade com quase R$ 1 bilhão de orçamento.. 

“Já se passaram 4 meses do dia em que estivemos em Ilhabela para o lançamento do ‘Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar’ e a Prefeitura e a Câmara praticamente não avançaram nada na contratação do saneamento para a cidade, apesar de sua receita com os royalties do petróleo e gás ser de quase 1 bilhão de reais. Realmente uma vergonha”, disse o ministro. 

Ele, inclusive, foi para o campo político. “Ano que vem tem eleições municipais e espero que a população cobre de quem deve e fatura por essas e outras barbaridades em todo o país”, completou. A prefeitura não se pronunciou em relação às declarações do ministro. 

Prefeitura

A prefeita Maria das Graças Ferreira enviou uma nota oficial sobre as declarações do ministro. “O Ministro tem razão. Ilhabela já poderia ter resolvido a questão do saneamento básico. Estou há 2 meses à frente da prefeitura e essa é a prioridade da nossa gestão. Nos próximos dias vamos anunciar varios processos para contratação de obras de tratamento de esgoto e de reservatórios de água”.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *