Ilhabela inicia o agendamento da vacinação contra Covid-19 para pessoas com 35+

Desde esta quinta-feira (22), as pessoas com idade igual ou superior a 35 anos vão receber o contato da Unidade Básica de Saúde para agendar a vacinação contra Covid-19, em Ilhabela.

A Prefeitura de Ilhabela ressalta que quem estiver com Covid-19 precisa aguardar 30 dias para ser vacinado. Contactantes familiares, escolares e vacinados para gripe e outras precisam esperar 14 dias.

De acordo com o Sistema Vacivida da Secretaria Estadual de Saúde, Ilhabela aplicou 23.424 doses, sendo 16.993 de 1ª dose, 5.567 de 2ª dose e 864 de dose única.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

Incêndio atinge 40 mil m² no Morro do Camaroeiro em Caraguatatuba

Um incêndio, ocorrido no final da tarde desta segunda-feira (19), destruiu uma área de cerca de 4o mil m² de vegetação no Mirante do Camaroeiro, em Caraguatatuba. O combate ao fogo foi feito por equipes do Corpo de Bombeiros, com apoio da Defesa Civil da cidade.

De acordo com a Prefeitura, o fogo no Mirante do Camaroeiro começou por volta das 17h30 e foi controlado por volta das 18h15.

A guarnição do Corpo de Bombeiros com seis homens mais a viatura auto bomba, e apoio de dois agentes da Defesa Civil foi dividida em duas frentes com uso de duas mangueiras. Foram utilizados cerca de 6 mil litros de água para controlar as chamas que destruíram uma área de aproximadamente 4 hectares. 

Srgundo a Prefeitura, ainda não se sabe o que provocou o incêndio. Na terça-feira (20), uma equipe da perícia deve ir até o Morro do Camaroeiro para iniciar as investigações. 

Devido ao tempo seco, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros alertam para não jogar bitucas de cigarros na mata, fazer fogueira e mesmo deixar objetos que possam refletir a luz solar. 

Em Caraguatatuba, é proibida a queimada em todo perímetro urbano do município com base na lei municipal 1.630 de 2007. A desobediência pode acarretar em multa no valor de 200 VRMs, o que representa R$ 714. Em caso de reincidência a multa dobra de valor.

Quem observar algum tipo de queimada nestas condições pode denunciar anonimamente na Secretaria de Meio Ambiente pelo telefone 3897-2530.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral

Mulher e duas filhas são mortas a facadas por ex-companheiro em Caraguá; assassino é morto em confronto com a polícia

Um crime bárbaro foi registrado, na manhã desta quinta-feira (15/7), no bairro Marim de Sá, em Caraguatatuba. A funcionária pública Daniela Grecchi, de 40 anos, e suas duas filhas – de 15 e 13 anos – foram mortas a facadas pelo ex-companheiro. A terceira filha – uma criança de 9 anos – também foi ferida e socorrida ao hospital da cidade. Desde então, policiais civis e militares faziam buscas pelo assassino, que foi localizado por volta de 22h e morto após confronto. 

De acordo com as informações apuradas pela reportagem, o assassino teria atacado um policial com uma faca e foi morto no bairro Getuba. A operação de busca pelo criminoso contou com apoio de policiais militares do Baep, incluindo cães farejadores (foto). Equipes se dividiram por áreas urbanas e de mata.

Assim como Daniela, Julio Cesar Cardoso também era funcionário público. Ambos trabalhavam no Centro de Controle de Zoonoses da cidade. 

O assassinato da mulher e das duas filhas adolescentes aconteceu pela manhã, por volta das 9h, numa edícula localizada na rua Ana Francisca Facchini. Até às 13h, equipes da Polícia Civil e a Polícia Científica realizaram perícia no local. A investigação é comandada pelo delegado titular de Caraguatatuba, Dr. Vanderlei Pagliarini.

O homem não era pai das adolescentes que foram mortas nem da criança ferida. Ainda nesta manhã, em nota, “a Prefeitura de Caraguatatuba informa que lamenta o ocorrido e garante que irá contribuir com as investigações, caso seja necessário”. Os corpos foram levados pelo IML. 

matéria atualizada às 22h44 desta quinta-feira

Viatura da PM em frente ao local do crime ainda no início da manhã desta quinta-feira (15/7)

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

PAT de Caraguatatuba recebe currículo para preenchimento de mais de 100 vagas na área de construção civil na Queiroz Galvão

O PAT de Caraguatatuba está com 109 vagas de emprego abertas no ramo da Construção Civil para atuação na empresa Queiroz Galvão. A seleção é para início imediato.

A empresa disponibilizou vagas nas áreas de eletricista montador, encanador industrial, mecânico montador, preparador de estrutura metálica (ajudante de obras), auxiliar de usina, eletricista corrente alternada, operador de carregadeira, operador de usina de concreto, motorista de caminhão betoneira e soldador.

Os currículos serão recebidos apenas nesta quarta e quinta-feira (14 e 15), de forma presencial, no PAT, das 8h às 11h. Nesta seleção, não será permitido o envio de currículos por email.

Os interessados devem comparecer ao PAT, levando RG, CPF, CTPS, PIS e o currículo. O Posto de Atendimento está localizado na Rua Taubaté, 520 – Sumaré. Mais informações no telefone (12) 3882-5211.

O PAT reforça que só realiza a captação de currículos e encaminhamentos para empresa. A seleção e contratação é de responsabilidade total do empregador.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

São Sebastião vacina contra Covid-19 pessoas a partir de 34 anos nesta quarta

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Saúde e da Fundação de Saúde Pública (FSPSS), vacina contra a Covid-19, nesta quarta-feira (14), todas as pessoas com 34 anos ou mais. 

A ação de imunização será das 8h30 às 11h nos polos do município, de acordo com o local de residência:

– Canto do Mar a Cigarras: UBS Enseada (Rua Maximiliano Santos, nº 38, Enseada);

– Morro do Abrigo a Varadouro: Quadra da Vila Amélia (Rua Jaime Scarameli, nº 87);

– Barequeçaba a Boraceia: unidades de saúde do seu bairro.

Em Maresias, o polo de vacinação será na Creche Gabriel Almeida Teixeira (Maresias 2), e em Cambury o local de vacinação mudou para a Rua Caxetas, nº 30 (Arena Pau Brasil), próximo à unidade de saúde do bairro, para melhor acomodar os munícipes.

Todos devem apresentar CPF, documento com foto e comprovante de endereço. Para agilizar a vacinação, é importante realizar o pré-cadastro no Vacinajá (https://vacinaja.sp.gov.br/) com antecedência.

É obrigatório respeitar os protocolos sanitários como uso de máscara, álcool em gel 70% e distanciamento social.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

Caraguá tem 15% da população com imunização completa contra a Covid-19, aponta Secretaria de Saúde

Caraguatatuba totalizou 18.415 pessoas com a imunização completa contra a Covid-19 nesta segunda-feira (12/7). Isso inclui segunda dose da vacina ou dose única, o que representa 15% da população estimada no município. Os dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde.

As informações podem ser conferidas diariamente no ‘Boletim Epidemiológico’, que é atualizado no site oficial. No boletim também pode ser visto o número de doses aplicadas e o de pessoas com a primeira dose.

A Prefeitura de Caraguá reforça que para estar imunizada contra a Covid-19 a pessoa deve ter recebido as duas doses ou dose única da vacina (Jansen). Por isso, para aquelas que precisam tomar a segunda dose é importante ficar atento quanto à data da aplicação.

Para quem tem dúvidas, a Secretaria de Saúde orienta que procure a unidade de saúde aonde tenha recebido a primeira dose com ao menos três dias de antecedência da data marcada no ‘Cartão de Vacinação Covid’. Os que receberam a vacina em unidades escolares ou centros de esportes também devem ir até a unidade mais próxima de sua residência.

Doses de vacina contra a Covid

Até esta segunda-feira (12), Caraguatatuba recebeu 79.324 doses de vacina. Desse total já foram aplicadas 57.242 de primeira dose e 18.415 de segunda ou dose única. No geral, a cidade aplicou 75.657 doses.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

Com compra de doses extras, Governo de SP anuncia vacinação antecipada de adultos até 20 de agosto e imunização de adolescentes

O governador João Doria anunciou neste domingo (11) a antecipação em 26 dias na data final para vacinar toda a população com mais de 18 anos com ao menos uma dose contra a Covid-19. O adiantamento para 20 de agosto foi viabilizado com a compra de 30 milhões de doses extras da vacina Coronavac para uso nos 645 municípios paulistas. Foi divulgado também o calendário para vacinação de adolescentes.

“Com mais vacinas prontas, vamos garantir o cumprimento deste novo cronograma de imunização em São Paulo”, afirmou Doria. “Daqui a 40 dias, todos os adultos que vivem em São Paulo e podem ser vacinados estarão com pelo menos uma dose de vacina no braço”, acrescentou.

Com o novo cronograma, pessoas com idade entre 35 e 36 anos poderão se vacinar no próximo dia 15. Entre 19 de julho e 4 de agosto, será a vez de quem tem de 30 a 34 anos. De 5 a 12 de agosto, serão vacinados os que têm de 25 a 29 anos, e entre os dias 13 e 20 serão imunizados os adultos mais jovens, com idade entre 18 e 24 anos. 

A antecipação do calendário fez com que o Dia da Esperança – data em que todos os brasileiros de São Paulo com mais de 18 anos estarão vacinados com ao menos a primeira dose contra o coronavírus – passasse de 15 de setembro para 20 de agosto. 

A chegada de doses extras da Coronavac ocorre após acordo entre o Governo do Estado, o Instituto Butantan e a biofarmacêutica chinesa Sinovac. O primeiro lote com 2,7 milhões de vacinas desembarcou no Brasil no último dia 7 e passa por controle de qualidade antes da distribuição aos 645 municípios de São Paulo. Outra remessa com 1,3 milhão de doses virá de Pequim até o final deste mês.

A medida é mais um passo na otimização do cronograma de vacinação por meio das estratégias de planejamento, monitoramento, distribuição e logística desenvolvidos pelo PEI (Plano Estadual de Imunização).

Além das vacinas extras que serão usadas apenas pela população de São Paulo, o Governo do Estado se baseia na estimativa de entregas de vacinas do Ministério da Saúde. O calendário considera o início do esquema vacinal, que é composto por duas doses para três dos quatro imunizantes oferecidos no Brasil.

O novo calendário está disponível no site https://vacinaja.sp.gov.br/diadaesperanca/ .

Adolescentes
O governador também anunciou a vacinação contra Covid-19 de todos os adolescentes de 12 a 17 anos a partir de 23 de agosto. A inclusão deste público se deve à aquisição de lotes extras de imunizante para atender a uma demanda de 3,2 milhões de pessoas nos 645 municípios do estado.

“Para se ter ideia da importância e do significado desta decisão, todos os jovens e adolescentes com mais de 12 anos até 17 anos estarão vacinados no estado de São Paulo até o dia 30 de setembro”, disse Doria. Na primeira etapa da vacinação, entre 23 de agosto a 5 de setembro, a prioridade será imunizar grávidas e adolescentes que possuem algum tipo de comorbidade ou deficiência. 

“Começaremos a vacinação pelos os que mais precisam, o que reforça a segurança não só de cada um destes adolescentes que serão imunizados, mas de suas famílias, colegas de escola e grupos de amigos que tanto fortalecem o senso de identidade e pertencimento”, frisou Regiane de Paula, Coordenadora do PEI (Plano Estadual de Imunização).

Em setembro começa a vacinação dos adolescentes por faixa etária. Entre os dias 6 e 19 de setembro será a vez dos quem têm entre 15 e 17 anos. Já entre os dias 20 e 30 de setembro, será a vez de jovens de 12 a 14 anos em todo o estado.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral

Em São Sebastião, pessoas em situação de rua são vacinadas contra Covid-19 e recebem marmitas e agasalhos

A Prefeitura de São Sebastião, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, realizou, na última sexta-feira (2), a vacinação contra Covid-19 de 13 pessoas em situação de rua. A imunização aconteceu no Salão Paroquial da Igreja Matriz de São Sebastião, no Centro Histórico da cidade, durante a distribuição de marmitas feita pela Fraternidade Povo de Rua, ligada à Igreja Católica.

O secretário de Saúde do município, Reinaldo Moreira, e o pároco da Igreja Matriz de São Sebastião, padre Alessandro Henrique Coelho, acompanharam a ação.

A vacina utilizada foi a da Janssen Farmacêutica, por ser dose única, ideal para esse público por não ter que retornar em data posterior para receber a segunda dose. Segundo a equipe da SESAU, algumas pessoas abordadas informaram que já tinham sido imunizadas em cidades vizinhas e outras recusaram a imunização. Os profissionais da Saúde continuarão indo até o local de distribuição das marmitas toda semana com a intenção de atingir mais pessoas.

O Fundo Social de Solidariedade de São Sebastião também participou da ação com a campanha Varal Solidário. Foram distribuídos 35 cobertores, além de roupas, calçados e máscaras faciais às pessoas em situação de rua.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social (SEDES) apoiou a ação e repassou os nomes de usuários cadastrados no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) à Vigilância Epidemiológica, para cruzamento dos nomes e posterior anotação no prontuário.

Estão cadastradas hoje em São Sebastião 226 pessoas em situação de rua, porém pode ser que muitas já não estejam no município, por se tratarem de “trecheiros”, indivíduos que perambulam pelas rodovias a pé, de cidade em cidade, sobrevivendo de trabalhos temporários e ajudas filantrópicas.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

Com previsão de retorno em agosto, Prefeitura de São Sebastião faz reuniões para retomada das aulas presenciais na rede municipal

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), deu início na quarta-feira (30) à uma série de reuniões com gestores escolares para tratar do Plano de Retomada das Aulas Presenciais da rede pública municipal de ensino. O primeiro encontro reuniu diretores e coordenadores de creches na Creche Débora Tavares Bahia, no Jaraguá.  

Na ocasião, a secretária da Educação, Marta Braz, anunciou que o retorno dos estudantes às salas de aula deverá ocorrer a partir da primeira semana de agosto, de forma gradual e facultativa. As unidades de ensino voltarão a receber os mais de 15 mil alunos, respeitando todas as medidas de segurança e protocolos de prevenção, como uso de máscara, medição de temperatura, higienização das mãos, distanciamento e limitação da capacidade de acolhimento total de alunos.

“É preciso destacar que não se trata apenas de voltar para a sala de aula, essa retomada envolve todos os desafios que se impõem sobre a educação neste momento e, por isso, nossas equipes estão empenhadas em garantir um retorno seguro a todos os alunos, professores e trabalhadores da educação, bem como tornar nossas escolas cada vez mais qualificadas e comprometidas com a aprendizagem, alinhadas às novas demandas sociais”, ressaltou Marta Braz. 

Durante a reunião, foram pontuadas as estratégias de acolhimento, prática pedagógica e funcionamento das escolas, além de orientações sobre higiene pessoal, limpeza e higienização dos ambientes, transporte, alimentação escolar, entre outros procedimentos operacionais relacionados às boas práticas de biossegurança nas escolas.

Neste primeiro semestre letivo, a Prefeitura realizou uma série de ações para reforçar a segurança da comunidade escolar, incluindo a aquisição de inúmeros materiais, como a instalação de totens dispensadores de álcool em gel, máscaras descartáveis, protetores faciais, tapetes sanitizantes, termômetros digitais, entre outros itens visando à adequação das escolas aos protocolos sanitários durante o período de pandemia.  

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

Pedágio da Rodovia dos Tamoios tem correção de 8,67% a partir de quinta-feira

A partir da zero hora desta quinta-feira (01/07), entra em vigor o reajuste anual das tarifas de pedágio nas rodovias estaduais paulistas. Na Rodovia dos Tamoios, os valores serão reajustados em 8,67%.

Na Rodovia dos Tamoios, o pedágio localizado em Paraibuna (km 59,3), sobe de R$ 7,80 para R$ 8,50 e o de Jambeiro (km 16,1) aumenta de R$ 4,00 para R$ 4,40.

Portanto, a viagem ida e volta entre Caraguatatuba e São José dos Campos vai subir de R$ 23,60 para R$ 25,80.

Este índice, autorizado pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) corresponde à reposição da inflação estimada pelo IPCA entre julho de 2020 e junho de 2021.

No último ano, a correção que normalmente é feita em julho, ocorreu em dezembro por conta da pandemia. Desde 1998, início do Programa de Concessões em São Paulo, o reajuste é aplicado todo dia 1º de julho.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.