Ilhabela retoma controle de acesso nesta sexta; turista só entra com exame negativo de Covid-19 ou comprovante de vacina

A Prefeitura de Ilhabela continua neste final de semana com o controle de acesso na entrada do município no sistema de travessia de balsas. A medida faz parte das ações de combate ao novo coronavírus implantadas pelas Secretaria de Saúde em decreto publicado em 7 de abril.

O objetivo é evitar a vinda descontrolada de turistas para a cidade e aumentar a possibilidade de transmissão da Covid-19. O controle de acesso será implantado todos os finais de semana de abril e valerá sempre das 14h de sexta-feira até às 14h de domingo.

Para entrar em Ilhabela é exigido dos visitantes teste negativo para Covid-19 do tipo RT-PCR com no máximo 48 horas antes do embarque para a cidade. Ficam fora da obrigação os moradores de Ilhabela, prestadores de serviços essenciais (que comprovem que estão atuando na função) e pessoas que receberam a segunda dose da vacina.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

Paralisada há quase 3 anos pelo Estado, obra do Contorno segue sem previsão de retomada

A paralisação da obra denominada “Nova Tamoios – Contornos” completará três anos no mês de julho e segue sem previsão de retomada. Sob a ação do tempo e da maresia do litoral, estruturas expostas se deterioram. Além disso, a obra parada gera transtornos para as comunidades mais próximas. Nesta semana, o Radar Litoral questionou novamente a Secretaria Estadual dos Transportes sobre uma previsão e o modelo adotado para que a obra seja retomada.

Em nota enviada na tarde de quarta-feira (14/4), a Secretaria de Logística e Transportes informou que, “para a retomada das obras da Tamoios Contornos — paralisada na gestão anterior, em 2018 -, foi preciso um amplo levantamento técnico, econômico e jurídico. Com este objetivo, foi contratada a FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) – entidade independente, altamente especializada e ligada à FEA/USP –, que realizou um laudo sobre a situação das obras”. Ainda na nota, a Secretaria de Logística e Transportes ressalta que “prevê neste primeiro semestre anunciar o formato para a conclusão das obras”.

A reportagem do Radar Litoral passa diariamente por trechos da SP-55 onde é possível visualizar os viadutos e túneis abandonados. Em julho do ano passado, moradores do Jaraguá, na Costa Norte de São Sebastião, relataram vários problemas, especialmente em dias de chuva, quando a lama invade a Avenida Dario Leite Carrijo – ligação entre os bairros Jaraguá e Enseada. Além disso, a falta de iluminação sob viadutos gera insegurança em vários pontos, como no Casa Branca, em Caraguatatuba.

A situação vem sendo acompanhada pelo Radar Litoral desde a paralisação ocorrida em julho de 2018. Na época, o então governador Márcio França (PSB), em visita à região, disse que a paralisação se devia a problemas jurídicos com as empresas contratadas.

A retomada da obra do Contorno foi uma das bandeiras do atual governador João Dória em visitas à região durante a campanha eleitoral em 2018. Em outubro de 2019 –  já na gestão Dória – o Governo do Estado de São Paulo informou que iria contratar a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), da USP (Universidade de São Paulo), para um levantamento sobre a situação das obras dos Contornos Sul e Norte.

Ligação com a Tamoios

No mês de novembro de 2019, a reportagem do Radar Litoral visitou a obra de duplicação do trecho de serra da Rodovia dos Tamoios  – que contempla 2,5km de viadutos e mais de 12km de túneis – e que tem previsão de entrega para fevereiro de 2022. O investimento é de R$ 4,5 bilhões, sendo que a obra é de responsabilidade da Concessionária Tamoios.

Uma das preocupações é o fato das obras dos Contornos Norte e Sul – que serão interligados à nova estrada – estarem paralisadas. Isso implicaria num afunilamento, pois sem o Contorno, o trecho duplicado da Tamoios teria de desembocar na SP-55, que sofre com a falta de manutenção, especialmente no trecho entre Caraguá e São Sebastião.

A obra dos Contornos Norte e Sul significam desenvolvimento do turismo, com melhoria do acesso à região, e facilidade no escoamento da produção industrial do Vale do Paraíba e região de Campinas via Porto de São Sebastião. Além disso, sua retomada geraria empregos diretos e indiretos.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral

Central 156 inicia cadastro para kit alimentação aos trabalhadores autônomos em Caraguatatuba

Trabalhadores autônomos já podem realizar o cadastramento para receber o kit alimentação em decorrência da paralisação das atividades comerciais como prevenção à pandemia Covid-19.

A solicitação deve ser feita pelo Canal de Atendimento 156, por aplicativo, site ou telefone. Só poderão requisitar o kit, trabalhadores que não tenham uma segunda renda, que sobrevivam exclusivamente do trabalho autônomo.

Os trabalhadores autônomos são aqueles que foram impossibilitados de trabalhar durante o fechamento do comércio, como ambulantes, microempreendedores individuais, diarista,babá, setor de eventos, atividades freelancer, entre outros.

O canal de solicitação do kit é disponibilizado pelo telefone 156, pelo site 156.caraguatatuba.sp.gov.br e também pelo aplicativo para celulares Android e IOS ‘Caraguatatuba156’.

A Prefeitura reforça que, preferencialmente, o cadastro seja feito de forma online, sendo um processo mais ágil e prático, com atendimento 24h, todos os dias da semana.

Para fazer a solicitação, o trabalhador deve realizar o cadastramento e anexar: documento pessoal; Título de Eleitor; comprovante de endereço; declaração de próprio punho de que é autônomo e de que, em razão das medidas decretadas para prevenção do contágio da COVID-19 (novo coronavírus), está impossibilitado de trabalhar e/ou sem renda ou que necessita receber o kit para sua manutenção e/ou de sua família (http://156.caraguatatuba.sp.gov.br/declaracao.pdf).

Após o cadastro, o trabalhador será avisado o dia e o horário para retirada do benefício no Fundo Social de Caraguatatuba.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

São Sebastião abre processo seletivo para contratação temporária de técnico de enfermagem

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Fundação de Saúde Pública de São Sebastião (FSPSS), está com inscrições abertas para processo de recrutamento e seleção simplificado para contratação de técnico em farmácia, por tempo determinado, conforme consta no edital nº 19/2021.

São oferecidas cinco vagas para técnico em farmácia, com carga horária semanal de 40 horas, salário-base de R$ 1.966,35 e cesta básica de R$ 220,00.

As inscrições ocorrem de forma presencial, até esta sexta-feira (16), das 9h às 16h, na sede da FSPSS, na Avenida Dr. Altino Arantes, nº 284, Centro. Para participar do processo seletivo, é preciso ter curso técnico completo em Farmácia (nível médio).

A data prevista para a realização da prova é 23 de abril, às 14h, com duas horas de duração.

Os documentos necessários, critérios de avaliação e outras informações estão na página da FSPSS, na seção de Processos Seletivos.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

No 1° dia de intervenção, Prefeitura de Caraguatatuba paga Vale Alimentação atrasado de funcionários da Praiamar

No primeiro dia de intervenção na Praiamar, a Prefeitura de Caraguatatuba pagou o Vale Alimentação atrasado dos funcionários. A quitação da pendência com 124 funcionários contratados ocorreu com um repase de R$ 55.181,85.

De acordo com funcionários, o Vale Alimentação do mês de abril estava atrasado desde o dia 31 de março e que era comum este atraso do benefício ao final de cada mês.

Desde esta quinta-feira (08), por meio do decreto Nº 1.442, a gestão municipal determinou a intervenção dos serviços de transportes da Praiamar, devido a decadência na prestação do serviço, de inúmeras multas aplicadas pela gestão municipal, descumprimento do contrato e descumprimento de protocolos sanitários durante a pandemia da Covid-19.

A intervenção

Durante os próximos 180 dias, a Prefeitura de Caraguatatuba passa a ter controle total dos serviços de transporte da Praiamar e sua administração. Neste período, serão analisados os motivos dos descumprimentos de contratos da empresa e, caso se faça necessário, uma nova licitação será aberta.

Os funcionários, principalmente os motoristas de ônibus, serão mantidos em seus empregos. Inclusive, novos motoristas devem ser contratados nos próximos dias, para suprir a demanda de transporte no município.

Ainda nas próximas semanas, quando o serviço for aprimorado e adequado, a Prefeitura de Caraguatatuba estudará a possibilidade de adicionar novas linhas e horários, conforme demanda da população.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

Em Ilhabela, prefeitura estende intervenção na Santa Casa por mais 30 dias para apresentação de plano de trabalho

A Prefeitura de Ilhabela informou, no final da tarde de quarta-feira (7/4), que estendeu por mais 30 dias a intervenção na Santa Casa para que a entidade apresente o Plano de Trabalho 2021. Segundo a prefeitura, neste plano deve constar o ramo de atuação, os serviços oferecidos ao munícipe com consultas e exames de imagem e laboratoriais, bem como a projeção da folha salarial e benefícios aos servidores contratados.

“Somente após a divulgação do Plano de Trabalho é que a Prefeitura de Ilhabela vai dimensionar o repasse à entidade de forma transparente, levando em consideração fatores técnicos e preços praticados no mercado”, diz a nota. A Santa Casa de Misericórdia de Ilhabela está sob intervenção da prefeitura desde 23 de junho de 2017.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral

Ilhabela mantém controle de acesso na balsa aos finais de semana e anuncia novas regras de funcionamento do comércio

O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, anunciou nesta quarta-feira (7/4) novas regras de funcionamento do comércio da cidade dentro da Fase Emergencial do Plano São Paulo. A decisão foi tomada após relatório emitido pelo Comitê de Gerenciamento da Covid-19 da Secretaria de Saúde, que avaliou os números da pandemia na cidade.

“Temos uma queda do número de casos positivos e de óbitos na cidade se comparado aos meses do janeiro e fevereiro. A população tem ajudado, assim como os comerciantes da cidade. Tudo isso nos faz decidir pela liberação de alguns setores de forma segura e seguindo todos os protocolos sanitários. Estamos atendendo as exigências impostas no relatório do Comitê da Saúde e a fiscalização estará presente para garantir o cumprimento do decreto”, disse o Prefeito.

Segundo ele, várias medidas públicas foram tomadas para que a Secretaria de Saúde tenha uma retaguarda boa. “Criamos mais uma usina para armazenamento de oxigênio, temos medicamentos, realizamos e acompanhamento dos pacientes e estamos controlando a entrada na cidade, como fizemos no último feriado”.

O novo decreto começa a valer a partir desta quarta-feira com a publicação das medidas. Entre as novidades está a permissão do funcionamento de restaurantes, bares e áreas comuns dos hotéis, pousadas e hostels, observando o distanciamento mínimo de 1,5 metro e taxa de ocupação de 35%.

No caso dos restaurantes, podem funcionar somente com agendamento prévio de reservas. Já os bares e quiosques somente poderão funcionar por delivery e take away (retirada no local, mas sem formação de fila). O take away é permitido até às 20h e o delivery até 0h.

Fica proibida a venda de bebidas alcoólicas por qualquer estabelecimento comercial das 20h às 6h.

Também está liberado o funcionamento de salões de beleza e barbearias, porém apenas com agendamento prévio (hora marcada), prevendo intervalo suficiente entre marcações para higienização completa das estações de atendimento e utensílios.

O comércio ambulante está liberado, mas com a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção individual e com a proibição de instalação de mesas, cadeiras guarda-sóis e tenda que estimulem a aglomeração de pessoas

As academias podem funcionar com capacidade de 35% e com atividades previamente agendadas, além da obrigação de manter o local arejado e disponibilizar o uso de máscaras.

As lojas de materiais de construção e de jardinagem somente poderão funcionar com agendamento prévio, limitando o ingresso de consumidores ao respectivo número de atendes do estabelecimento comercial.

Por fim, as bibliotecas municipais poderão funcionar, preferencialmente, com agendamento prévio somente para a entrega e a retirada de livros, não sendo permitia a permanência no local.

Controle de acesso

Toninho Colucci anunciou também que vai continuar com o controle de acesso na entrada do município no sistema de travessia de balsas nos finais de semana de abril. A medida valerá sempre das 14h de sexta-feira até às 14h de domingo

Com isso, será exigido dos visitantes teste negativo para Covid-19 do tipo RT-PCR com no máximo 48 horas antes do embarque para a cidade. Ficam fora da obrigação os moradores de Ilhabela, prestadores de serviços essenciais (que comprovem que estão atuando na função) e pessoas que receberam a segunda dose da vacina.

Parceria com Associação Comercial

O anúncio com as novas medidas de funcionamento do comércio na cidade foi feito pelo Prefeito Toninho Colucci aos membros da diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Ilhabela (ACEI), em reunião realizada no Gabinete na noite de terça-feira (06/04).

Além do Prefeito Toninho Colucci, estiveram presentes no encontro a secretária de Turismo, Luciane Leite e diversos diretores da ACEI.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

São Sebastião libera funcionamento parcial de restaurantes e trabalho dos ambulantes na fase emergencial

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, assinou o decreto 8.176/2021, que prevê medidas de flexibilização da economia na fase emergencial do Plano São Paulo. Restaurantes podem funcionar com 50% de sua capacidade e ambulantes podem trabalhar sem a colocação de mesas e cadeiras.

Felipe Augusto afirmou que as medidas visam iniciar o reequilíbrio da economia, respeitando todos os protocolos de segurança, mas alertou: “Essa decisão é precária. A qualquer momento, podemos retroceder caso haja um aumento no número de casos”.

 De acordo com o decreto, fica permitido o delivery de comércios, restaurantes e afins até à meia-noite e drive thru e take away (retirada no local) até às 20 horas. Os restaurantes podem funcionar com 50% de sua capacidade.

Fica mantida a proibição de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos a partir das 20 horas.

O novo decreto permite o trabalho dos ambulantes, mas permanece a proibição de instalação de mesas e cadeiras.

Passa a ser permitida também a utilização de áreas comuns de hotéis, pousadas e condomínios, como piscinas, quadras esportivas, salões de festas, parques e playgrounds.

A Prefeitura manteve o funcionamento de alguns serviços. Lojas de material de construção podem realizar atendimento individualizado, com um cliente por vez.

Salões de beleza e barbearias podem atender com hora marcada, desde que permaneçam um profissional e um cliente por vez.

Os serviços essenciais podem funcionar com 50% da sua capacidade de consumidores.

Comércio em geral, considerado não essencial, permanece fechado.

Nas praias, fica proibida a instalação de mesas, cadeiras, guarda-sóis, tendas, esteiras, caixas de som, coolers e similares que estimulem a aglomeração.

As aulas na rede municipal seguem 100% remotas e segue a recomendação da redução das aulas presenciais na rede particular.

O decreto também recomenda que atividades religiosas, como missas e cultos, sejam realizadas de forma não presencial, podendo permanecer abertos para manifestações individuais.

Seguem limitadas em 10 pessoas o acesso a velórios com duração máxima de uma hora, desde que a causa da morte não seja Covid-19.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

Blitz acaba com ‘pancadão’ na praia do Capricórnio em Caraguá; carros são apreendidos (veja o vídeo)

Uma blitz acabou com um ‘pancadão’ que acontecia na madrugada de sábado para domingo (4/5) na praia do Capricórnio, em Caraguatatuba. Cerca de 100 pessoas estavam no local, a maioria jovens e sem máscara. 

Após denúncia, agentes da Vigilância Sanitária, Fiscalização de Posturas e Polícia Militar estiveram no local. Dois veículos foram apreendidos e guinchados. Muitos jovens deixaram o local ao perceberem a chegada da polícia.

O Estado de São Paulo está desde o dia 15 de março na Fase Emergencial da quarentena e apenas serviços essenciais podem funcionar. Caraguatatuba já contabiliza 13.251 casos confirmados, 104% de ocupação em UTI e 266 óbitos por Covid-19. 

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.

Após constantes reclamações de prefeitos e entidades, HR abre mais 30 leitos de enfermaria para pacientes com Covid-19

O Hospital Regional do Litoral Norte, referência para Covid-19 na região do Litoral Norte e Vale do Paraíba, vai implantar mais 30 leitos destinados a pacientes com a doença a partir da próxima segunda-feira (12). Dessa forma, a unidade passa a contar com 100 leitos, 60 de enfermaria e 40 de UTI. O anúncio da ampliação dos leitos ocorre após constante reclamação dos prefeitos da região e de um abaixo-assinado encabeçado pela Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba.

Segundo o Governo do Estado, a ampliação ocorrerá de forma gradativa nas próximas duas semanas na ala da enfermaria da unidade. Com o recrudescimento da pandemia, desde janeiro o HRLN vem realizando consecutivas ampliações. Em março, a UTI expandiu o atendimento de 30 para 40 leitos (sua capacidade máxima nesta especialidade).

“Sabemos que a Secretaria de Estado da Saúde e o Centro de Contingência do novo coronavírus monitoram ininterruptamente o cenário epidemiológico da Covid-19 em todo o território para planejamento de medidas para salvar vidas e proporcionar um atendimento igualitário. É notório que a pandemia avançou e com isso a determinação da ampliação do número de leitos se fez necessária. É importante lembrar que há um ano estamos enfrentando essa pandemia, e agora estamos prontos para continuar atuando com ainda mais leitos”, ressalta o diretor executivo da unidade, Gustavo Cursino.

Para expansão no atendimento, o Governo do Estado realizará um investimento de 2 milhões/mês, referente a compra de insumos, medicamentos, abertura e manutenção dos novos leitos. Mais de 130 novos profissionais, entre equipes assistenciais e de apoio, foram contratados. A partir disso, o hospital passa a operar com mais de 500 colaboradores.

O Hospital Regional do Litoral Norte recebe pacientes graves da doença regulados pela Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (CROSS),  transferidos de outras unidades.

Reivindicação

Os prefeitos do Litoral Norte têm reivindicado a abertura plena do Hospiral Regional. Recentemente, o prefeito Toninho Colucci, de Ilhabela, afirmou que “é criminoso o que o Governo do Estado tem feito com a população. Vamos ver se a gente consegue fazer o Governo do Estado olhar para a região”.

Aguilar Júnior, de Caraguatatuba, afirmou que falta sensibilidade do Governo do Estado no que diz respeito ao HR.

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, já havia alertado para a lotação da UTI do Hospital Regional.

Balanço da operação
O HRLN é um serviço da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, gerido em parceria com o Instituto Sócrates Guanaes, que atua como referência para as cidades de Caraguatatuba, Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela.

Aberto em março de 2020 para dar suporte para a região durante a pandemia, a unidade já recebeu, em um ano de funcionamento, 573 pacientes, entre suspeitos ou confirmados COVID-19. Destes, 358 se recuperaram após assistência e receberam alta, além de realizar 16 transferência. Ao todo, 141 evoluíram a óbito.

Desde setembro de 2020, a unidade ainda oferece, também via CROSS, exames de alta complexidade para a região, nas especialidades de ecocardiograma transtorácico, por estresse e transesofágico, endoscopia (digestiva alta), holter, mamografia, MAPA (Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial), ressonância, tomografia e ultrassonografia. Em sete meses, o hospital já realizou mais de 50 mil exames laboratoriais para pacientes suspeitos ou confirmados da Covid-19, e mais de 5 mil exames de imagem de média e alta complexidade em pacientes e moradores das cidades da região.

Fonte/Reprodução: Radar Litoral.