Fábio Jr. é processado por ex-motorista que pede R$ 650 mil de indenização

Fábio Jr. é processado por ex-motorista que pede R$ 650 mil de indenização

O cantor Fábio Jr. está sendo processado por um ex-motorista, identificado como Alex Aparecido Bueno. Ele entrou com um processo na Vara do Trabalho da Comarca de Barueri, São Paulo, contra o músico Fábio Jr. O ex-funcionário pede mais de R$ 650 mil de indenização na Justiça por danos morais.

Ainda segundo o jornalista, Alex afirma na Justiça que foi contratado a princípio pela empresa Eva Kar Transporte Executivo e posteriormente passou a ser funcionário exclusivo da Ayrosa Galvão Promotora, exercendo a função de motorista do artista desde 1º de fevereiro de 2003.

Com um salário mensal de R$ 5 mil, o rapaz alega não ter recebido INSS, FGTS e nem obteve registro em sua carteira profissional ao longo dos anos. Ainda de acordo com Alex, ele foi despedido sem justificativa no dia 28 de fevereiro de 2022, quando chegou ao local de trabalho e foi comunicado sobre a dispensa por terceiros.

Além disso, o ex-motorista também denuncia que prestava serviços extras e tinha acúmulo de funções, como: assessor de show, segurança, ficar à disposição da família de Fábio Jr. em viagens e afazeres pessoais. No processo também consta que ele ficava disponível independentemente de horário, auxiliando também na limpeza do automóvel.

Por fim, Alex Aparecido aguarda uma posição da Justiça sobre o processo que está sendo movido. O ex-funcionário só espera receber o que é de direito durante os mais de 15 anos que trabalhou para Fábio Jr.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ainda não existem notícias.

Rádio Morada • Litoral norte 95.5